Atitudes Sustentáveis: como praticá-las no dia a dia

Atitudes Sustentáveis: como praticá-las no dia a dia
Por: Ana Paula Porto

Para quem também nos acompanha nas outras redes sociais do Repassa, pode notar que, recentemente, tivemos mais uma Live do Bem, a primeira do ano de 2021. Na conversa que aconteceu na última sexta-feira de janeiro, recebemos a Maria Constantino (mais conhecida como @mariaviroueco no Instagram) para um diálogo aberto e super sincero sobre como incorporar algumas atitudes sustentáveis – daí o nome e tema da Live – em nossas rotinas diárias.  

As principais dúvidas que podem surgir na hora de praticar ações positivas ao meio ambiente foram respondidas por ela que é engenheira ambiental e pela Gabi, uma de nossas repassetes e que também é especialista no assunto. Em um bate-papo descontraído, descobrimos sobre como é possível transformar alguns hábitos antigos em um estilo de vida mais sustentável e, principalmente, minimizar os recursos ambientais ao consumirmos peças de vestuário com a moda circular

A seguir, destacamos os principais momentos da entrevista com dicas que valem ouro, quer dizer, valem todo impacto positivo à natureza. Já o resultado você confere no vídeo completo da Live, disponível logo abaixo. Vem ver mais: 

COMECE PELO PENSAMENTO SUSTENTÁVEL

Iniciamos a entrevista com uma breve pergunta para entender onde a sustentabilidade está presente no dia a dia de cada uma delas. Neste momento, a resposta de ambas foi uníssona: tudo começa pela mudança de pensamento. Quando nos permitimos vivenciarmos novas experiências, é possível incorporar novas atitudes, além de compreendermos que a sustentabilidade está mais próxima do que imaginamos. 

Um bom exemplo é o uso de materiais reutilizáveis, como garrafas de água, canecas próprias, canudos ecológicos (papel ou inox), todos estes que diminuem significativamente a utilização de plásticos – tão poluentes para o planeta. 

Outras opções alternativas que também colaboram (e muito) com a natureza são a preferência por transportes coletivos, o uso de escovas de dentes feitas de bambu, cotonetes de papel, buchas vegetais para a cozinha, etc. Bacana, não? 

APROXIME AS PRÁTICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

A opção de compras de peças de segunda mão em brechós, a transformação de peças antigas em novas, o repasse de roupas entre a família… Todas estas práticas estão mais próximas do que imaginamos e podem transformar a indústria da moda, a segunda mais poluente do mundo. 

Como ambas entrevistadas também concordaram, a “roupa mais sustentável é aquela que já existe”, portanto, podemos transformá-las novamente para contarmos nossas próprias histórias – e histórias positivas, claro! 

DESCUBRA OS QUATRO PILARES DA SUSTENTABILIDADE

Desmistificar alguns conceitos previamente estabelecidos também podem contar como importantes atitudes. No caso da sustentabilidade, o conhecimento aprofundado de suas raízes nos ajuda a compreendê-la como um todo – sendo mais acessível para nosso cotidiano. 

Originalmente, a palavra “sustentabilidade” é dada como algo que caracteriza ou dá condição ao que pode ser sustentado. Com ela, temos quatro pilares fundamentais:

  • o ambiental, que relaciona todos os impactos provocados à natureza;
  • o social, que envolve as pessoas na cadeia produtiva da moda;
  • cultural, quando dizemos que envolve as práticas das comunidades e suas formas de agir no mundo;
  • e, por fim, o econômico, quando também valorizamos a importância do investimento correto e favorável para o bolso. 

Com isso, a moda e economia circulares são os caminhos para que tudo isso possa ser possível. Você concorda? 

RENOVE OS CICLOS DAS PEÇAS

Em todo esse processo, o Repassa atua como intermediador na possibilidade de fazer o bem por meio das peças paradas nos guarda-roupas dos brasileiros. É o caso da Sacola do Bem, que traz a conveniência do envio de roupas e acessórios gentilmente usados para prolongarem seus ciclos de vida. 

Isso quer dizer que após a seleção de peças enviadas, todas as etapas seguintes (curadoria, fotografia, precificação, cadastro no site e acompanhamento das vendas) ficam aos cuidados do time do Repassa, que comunica o vendedor a todo momento. 

Uma união de ações positivas e vantagens significativas para quem participa ativamente deste processo: com o dinheiro, é possível fazer a economia circular (uma renda extra que sempre cai muito bem); compras no site do Repassa com desconto de 10% e mais, a possibilidade de destinar porcentagens dos valores das vendas às ONGs parceiras, por meio do Repasse Solidário. 

Como a Maria contou na Live, a sustentabilidade reforça sim o aspecto social e traz a “oportunidade de fazer o bem sem esforço”. E o complemento da Gabi que encaixa perfeitamente: “podemos nos expressar com a moda, não ter acúmulos desnecessários no guarda-roupa e com conveniências digitais”. 

TRANSFORME AS ATITUDES COM A MODA CIRCULAR

Por último, acreditamos que as mudanças de hábitos começam pelo primeiro passo. Pequenas perguntas internas como “eu preciso?”, “com que frequência vou usar”, “por que estou comprando essa peça?”, “quem fez o que estou vestindo?” podem exercitar nossa consciência – algo que é uma prática frequente na moda circular. 

Quando falamos em consumo cíclico na moda, também falamos em compartilhamento de boas ações. Ou seja, a transformação iniciada pela mente envolve o pensamento no coletivo e em como nossas ações interferem aos que estão ao nosso redor.  

Afinal, a sustentabilidade como um todo é aquela que, acima de tudo, minimiza os desperdícios de acordo com as adaptações feitas no dia a dia de cada um de nós.  

Que tal compartilhar estas boas práticas com 1% das pessoas que participam de suas redes de contato? Assim, elas compartilham com mais 1% e teremos essa mensagem do bem difundida cada vez mais. Vamos juntos? 

Mas antes, aperte o play para ver o vídeo completo da Live, está incrível! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s