Juntos somos mais fortes: como ajudar quem precisa na pandemia

A Covid-19 chegou ao Brasil em fevereiro, e desde então, a situação para os brasileiros e o restante do mundo não tem sido fácil. O vírus tem afetado milhares de pessoas, em especial pessoas que se encontram no grupo de risco, portadores de doenças crônicas e idosos. Entretanto, além desses grupos, as comunidades carentes, moradores de ruas e outras pessoas vulneráveis também estão sentindo o impacto da doença. E esses efeitos, estão além da proliferação e medo de se contaminar. Isso porque, após o coronavírus ser identificado, muitos setores foram prejudicados, fazendo com que pessoas perdessem seus empregos, fontes de rendas e alguns benefícios. 

O Repassa tem em seus valores, dar suporte e ajudar ONG’S através da doação de roupas e valores obtidos pelas vendas realizadas no site. Conosco, você consegue destinar o valor das suas vendas para uma instituição que deseja ajudar. Nesse momento, sabemos o quão importante é estender a mão para o próximo, e dar suporte para esses grupos que muitas vezes acabam sendo esquecidos. Pensando nisso, decidimos reunir algumas organizações que se destinam a ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade. Que tal usar esse momento para fazer o bem junto com a gente e ajudar quem precisa? Juntos somos mais fortes!

Desde de 1990, a Fundação ABRINQ ajuda crianças e adolescentes de todo território brasileiro, dando a oportunidade de nossas crianças terem acesso a direitos fundamentais como educação, saúde e proteção. A organização possui diversos programas que incentivam a interação das crianças. Diante a pandemia, a ABRINQ distribuiu 7.926 mil cestas básicas com itens de alimentação, higiene e limpeza para diversas famílias que precisam.

___________________________________________________________________

As mães Ivanise Esperidião da Silva e Vera Lúcia Gonçalves, após terem seus filhos desaparecidos em 1996,  fundaram a Associação Brasileira de Busca e Defesa a Crianças Desaparecidas (ABCD). Desde seu surgimento, a Organização comumente conhecida como Mães Da Sé, atende a demanda diversos casos de familiares e amigos de pessoas desaparecidas em todo o país. A instituição já conseguiu resolver cerca de 27% dos casos registrados por ela. E a organização precisa de todo tipo de ajuda nesse momento para solucionar mais casos.

__________________________

A GRAACC é uma instituição social sem fins lucrativos que foi fundada em 1991. A organização luta para garantir que crianças e adolescentes com câncer recebam todas as alternativas e chances de tratamento e cura. Anualmente, a instituição atende mais de 3.500 pacientes. Com o avanço da COVID-19, um dos desafios da GRAAC é conseguir manter as arrecadações que a organização necessita. Tendo como principal objetivo manter e reforçar o tratamento dessas crianças e adolescentes em situações vulneráveis.

_________

Além dos seres humanos, os animais de estimação também estão sofrendo o impacto da doença, principalmente os bichinhos em situações de ruas, que não encontram o que comer e beber. A AMAPARA nasceu em 2010, fundada por Juliana Camargo e Marcele Becker que uniram para mudar a realidade de muitos animais desabrigados no Brasil. A ONG já possui 450 abrigos cadastrados e já ajudou 12.00 animais que foram adotados. A instituição com o apoio de pessoas e empresas consegue alimentar, vacinar e castrar diversos animaizinhos.

__________

O projeto da Costurando sonhos se iniciou com o combate da violência doméstica, que cresce muito dentro das comunidades. Através do incentivo e capacitação de mulheres nos cursos de corte e costura, a instituição  conta com quarenta mulheres atualmente, todas certificadas pelo SENAI e que produzem e buscam serviços por meio de seus parceiros. Atualmente, a instituição  está arrecadando fundos para produzir e doar 100 mil máscaras de pano dentro da comunidade de Paraisópolis. As mulheres do costurando Sonhos já produziram e doaram 32 mil máscaras, entretanto, a população da comunidade é de 100 mil pessoas. E a partir das contribuições elas conseguem ajudar um número maior de pessoas.

Tem peças paradas no guarda-roupa? Peça sua Sacola do Bem e ajude as ONG’S através das peças que amava, mas não usa mais. Além disso, você ainda pode ajuda-las garimpando uma peça da vitrine delas:

Um comentário sobre “Juntos somos mais fortes: como ajudar quem precisa na pandemia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s